13 de maio de 2012

Para minha mãe

*Todos os direitos reservado ao autor.
Quem é feito mansa
Que ensina os passinhos para o lado do bem
Que não deixa para as tristezas nenhum vintém
Que leva no peito doces lembranças
Do adulto-jovem-criança-neném

Quem é paciente com certas mudanças
Que dá carinho e não perde a esperança
Que nunca balança no amor que se tem
Quem é esse adulto criança também?


José Soares Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você que por aqui está passarinhando...
Deixe seu assombro!