21 de agosto de 2015

Telegrama

Eu poderia te vestir com o luxo de um vestido parisiense.
Poderia dizer milhões de frases para te confortar.

Você seria mais feliz.

Mas para que mentir,
fingir,
dizer
se não é assim.

20 de maio de 2015








Cai a noite.
Tua pele. Fino tecido.
Pássaros.
Que ouso vestir.
Flutua. Dança.


Essa natureza amada
Esse fluxo invasivo
Esse desejo armado
Ainda vai nos levar tempo
Pois
Palavra chave é
Fruto maduro
Colo, rosto, cacto
gota d'água que escorre


"Você pode pensar e não me dizer"


vestir a pele mais íntima
salivar as coxas
molhar os seios resignados


"Se você continuar dizendo coisas assim, vai acabar me causando problemas"


"penso em seus lábios e no sabor deles"


e depois penso no acaso

18 de dezembro de 2014

Mar de afins

cheiros... fitar teu riso... teu pescoço...
deslizar... ondear... marcar com a mão...
marchar... pulsar... cheiros...
tudo isso que provoca...
a gota que sufoca...
e soa poesia...
toda essa reticência...
tudo isso é culpa nossa...

13 de março de 2014

Ninfa

A cada palavra incisiva
sentia latejar o músculo
em uma crescente torta
isso de satisfazer
viver cada vida
após pequenas mortes
ainda vai nos levar a marte
onde o tecido interior
beija o sorriso da rosa
forte como touro angustiado

isso de vestir a pele mais íntima
salivar as coxas
molhar os seios resignados
derramar o leite improvisado
ainda vai nos levar tempo

um encontro, uma esquiva
a gota d'água escorrendo
e a certeza da prisão
de noites não vividas

desejos... 

23 de novembro de 2013

Haicaimaginadofio

Chega! Acendeu uma estrela, o teu riso!!!
Tê Ti Tê O - Tito
E o poema se faz de infinitos... instantes!
(Zeto - Ze Soares Neto)

25 de agosto de 2013

Sabiaguaba

Sabi
Sabiá
Sabiaguá
Bê com A
Rede de amar
Se arvorar
Correr pro mar
E se atolar no mangue.

(Zetto SoARES)
*Todos os direitos reservado ao autor.

21 de março de 2013

Flor de Lotus


No gemido
uma nação levanta
Uma pátria se rende
A língua se diz verde
Nos lábios o gosto é quente

Bem mais quente no sul

Na ponta da língua
O músculo
Se diz forte e duro
E mantém a natureza noturna
Entre pernas e paredes...

(Zé SoAReS NeTO